São José Liberto recebe programação do 13º Amazônia Fashion Week

Evento conta com 12 novos estilistas que terão a oportunidade de apresentar suas coleções ao público

07/11/2019 11h45 - Atualizada em 08/11/2019 10h35
Por Marília Jardim (ESJL)

No próximo sábado (9), às 17h, o Espaço São José Liberto recebe, no Anfiteatro Coliseu das Artes, o desfile dos Novos Criadores, programação que faz parte da 13º edição do Amazônia Fashion Week 2019. O evento, que tem entrada franca, conta com 12 novos estilistas que terão a oportunidade de apresentar suas coleções ao público. Com o tema “O novo luxo”, esta edição é toda composta por grifes regionais e busca trazer uma ideia de vivência e democratização.

Para o desfile são aguardadas as seguintes marcas: J’n’Key, Ana Sanches, Manu Carvalho, Ierecê Kory, Alcimara Braga, Weverton Sousa, Escapismo, Secular e o Coletivo do Projeto de Extensão do Curso de Design de Moda da Faculdade Estácio “Moda em Ação”.

Referência da moda autoral na cidade, o Espaço São José Liberto, por meio do governo do Estado e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, em conjunto com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia, tem garantido apoio à realização do desfile dos Novos Criadores desde as primeiras edições do Amazônia Fashion Week.

Para a diretora executiva do Espaço São José Liberto, Rosa Neves, “o apoio do governo do Estado ao empreendedorismo na moda, com a criação do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário/ Região Metropolitana de Belém, fortalece a produção autoral, além de micro e pequenos empreendedores”.

Para os Novos Criadores, é primordial que se garanta espaços de visibilidade para a criação e produção de moda, seja no segmento vestuário quanto de acessórios. “Grande parte já dispõe de potencial criativo para geração de produtos, pesquisa e desenvolvimento de coleções. Por este motivo, apoiar o grupo torna-se vital para o seu fortalecimento. O desfile é uma estratégia de contribuir para esse amadurecimento, além de possibilitar diversificadas comunicações com o mundo dos negócios desse setor, possibilitando também o acesso ao mercado”, detalha Rosa Neves.

“A moda está ligada à inovação, à criação de novos produtos e à sua difusão no mercado consumidor. Para pensar no ‘novo luxo’, é preciso observar as características do mundo contemporâneo, com as transformações da internet, os conceitos de modernidade líquida e meta-consumo. O luxo acompanhou a fluidez do mundo e pode ser visto em diversos pontos de vista” - Felicia Assmar Maia, coordenadora geral do evento.

Programação

A Amazônia Fashion Week 2019 também tem programação na Casa da Linguagem, Hotel Atrium Quinta de Pedras, Faculdade Estácio do Pará e Fábrica 242. A designer e artista plástica, Celeste Heitmann, abriu a programação, na noite de quarta-feira (6), com o desfile “Sensações Tocáveis”. Nesta quinta-feira (7), na Fábrica 242, desfilam nove marcas: Ludimila Heringer, Janulalé, Amazônia Kamã, Paula Brazil, Vine, Capitu Belém, Ericka Viggiano, Madame Floresta e Costamazônia, com coleção assinada por Rosely Coelho.

Na sexta-feira (8), as atividades começam às 14h, na Faculdade Estácio do Pará, com a oficina “Desconstruindo e construindo roupas de brechó”, com Rosely Coelho, designer de Moda e especialista em Gestão do Produto de Moda. Às 15h, haverá o encontro com a editora-chefe da Revista Manequim, Maria Helena da Fonte, que virá especialmente para acompanhar o evento. Esta é a quarta vez que a revista participa do Amazônia Fashion Week, para promover cobertura nacionalmente.

A programação do dia encerra às 17h, com a palestra “Empreendedorismo e moda sustentável: quebrando paradigmas e estabelecendo novos caminhos na Amazônia”, com Natália Viana, psicóloga e sócia da marca sustentável Jalunalé.

No sábado (9), às 9h30, na Casa da Linguagem, a coordenadora do Curso de Design de Moda da Faculdade Estácio do Pará, Felicia Assmar Maia, ministra a palestra “Tendências para 2020”. Na sequência, às 11h, será a vez de Susanne Pinheiro, bacharel em Moda, com a palestra “Projeto Moda Memória: difundindo a memória do têxtil e de moda no Brasil”.

A Casa da Linguagem sediará também o Mercado de Economia Criativa, em que serão expostos produtos de moda, artesanato e gastronomia, realizado em parceria com o coletivo Beirando a Moda. O mercado funcionará no sábado (9), das 9h30 às 21h, e no domingo (10), das 9h30 às 14h.

Serviço:
Desfile Novos Criadores – 13º Amazônia Fashion Week
Data: sábado (9) | 17h
Local: Anfiteatro Coliseu das Artes | Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n, Jurunas)
Entrada franca