Emater faz 55 anos, entrega novo espaço e homenageia funcionários

03/12/2020 14h29 - Atualizada em 03/12/2020 15h00
Por Rodrigo Reis (EMATER)

A entrega da readequação do auditório Engenheiro Agrônomo Alberto Bentes Guerreiro e a feira da agricultura familiar marcaram o evento em comemoração aos 55 anos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), realizado na manhã desta quinta-feira, 3, no escritório central, em Marituba, na região metropolitana de Belém. 

Com a participação da presidente da Emater, Cleide Amorim; do diretor técnico Rosival Possidônio; do secretário municipal de Gestão e Planejamento de Marituba Antônio Lobato; supervisores regionais coordenadores de escritórios locais e demais funcionários, a solenidade também reconheceu o trabalho de servidores, ex-servidores e parceiros, com entrega de placas de “mérito extensionista” pelas contribuições pessoais e institucionais ao setor produtivo rural do estado. 

“O desafio da Emater é tão grande quanto à responsabilidade em dar continuidade a um serviço essencial e de qualidade as mais de 70 mil famílias que são atendidas regularmente, em todos os 144 municípios paraenses. Apesar da pandemia, a Emater não deixou de trabalhar em nenhum momento, isso demostra o seu comprometimento com a agricultura familiar paraense. Neste sentido, o apoio do Governo do Pará tem sido fundamental na continuidade e fortalecimento da prestação de serviços” destacou a titular da Emater, Cleide Amorim. 

Logo após a cerimônia de abertura, foi realizada uma live, com o tema “Oportunidades e desafios nos seus 55 anos de Ater no estado”. Na oportunidade, o diretor técnico Rosival Possidônio falou sobre a atuação da empresa, a capilaridade e as propostas para o desenvolvimento do meio rural paraense para o ano de 2021. Participaram o supervisor regional de Castanhal, Antônio Carlos Macedo; a chefe local de Marituba, Alda Remédio; e a responsável pelo Núcleo de Recursos Humanos (NRH), Jaira Pimentel. A mediação foi de Cristiane Corrêa, do Núcleo de Metodologia e Comunicação (NMC).

A placa de homenagem honra ao mérito do escritório central foi entregue a funcionária Rosa Helena Campos de Melo, do Núcleo de Documentação e Informação (NDI). 

Cleide Amorim, presidente da Emater“Recebo esta homenagem com muita emoção e orgulho, principalmente porque fui escolhida pelos colegas de trabalho, que identificaram em mim algumas qualidades. Isso me dá uma alegria muito grande”, contou emocionada. 

Durante a programação foi realizada ainda a 20ª edição da Feira da Agricultura Familiar – Projeto Vitrine Artesanal de Produtos Agroecológicos, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado Pará (Emater).

Nesta edição comemorativa, os agricultores comercializaram uma variedade de produtos, como hortaliças, frutas, polpas, peixes, camarão, polpa de caranguejo, licores, compotas, bombons regionais, plantas ornamentais, artesanatos (crochê, tecido, comento e EVA), biojoias, lanches de iguarias regionais, além de reciclados em geral. 

Videoconferências

Como parte da programação, serão realizadas nesta sexta-feira, 4, e nos dia 7 e 11 da próxima semana, videoconferências com representantes dos 12 regionais da Emater que abordarão a temática “Diversidade nas ações extensionistas: interação relatos de experiências exitosas”. Os participantes vão destacar ações e projetos de sucesso no que diz respeito à realidade socioambiental e econômica executadas em municípios do interior do Estado. 

Nova Unidade Didática de Bragança (UDB)

A programação dos 55 anos prevê ainda a inauguração na nova Unidade Didática de Bragança (UDB), programada para o dia 18 de dezembro. A Unidade abrigará o novo laboratório de solos do órgão, além da agroindústria de leite e de frutas. 

Localizada no município de Bragança, no nordeste paraense, a UDB é referência para técnicos e agricultores locais, que atuam diretamente na agricultura familiar. O novo laboratório de solos terá a função de analisar a fertilidade, a determinação de pH e exames de nutrientes, fatores essenciais que beneficiam diretamente agricultores que necessitam melhorar a produção.

“É o comprometimento do Governo do Pará com a agricultura familiar, já que com os novos espaços possuem equipamentos de última geração e infraestrutura necessária para que os agricultores possam trabalhar na melhoria de suas produções”, afirma Cleide Amorim.