Homem com 90% do pulmão comprometidos se recupera da Covid no Hospital da Transamazônica

Aos 35 anos, Arlindo Lima ficou intubado por 11 dias no Hospital Regional, mantido pelo Estado, venceu a doença e já está em casa

08/04/2021 18h25 - Atualizada em 09/04/2021 01h20

Profissionais de saúde do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), no município de Altamira, na região de Integração Xingu, presenciaram na noite de quarta-feira (7) um dos momentos mais marcantes na luta contra a Covid-19. Arlindo Lima, 35 anos, recebeu alta hospitalar após passar por um momento delicado durante a internação no HRPT. O paciente chegou à unidade no último dia 22 de março com 90% de comprometimento pulmonar devido a complicações causadas pelo novo coronavírus.Ao receber alta do HRPT, Arlindo Lima agradeceu a Deus e à equipe de profissionais do Hospital Regional

Arlindo passou 13 dias internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Mesmo jovem e sem histórico de comorbidades, ele precisou ser intubado por 11 dias. Após passar pelos cuidados intensivos, o paciente apresentou melhora significativa e foi transferido para a enfermaria, onde permaneceu por quatro dias antes de ser liberado para voltar ao convívio com a família. Durante a despedida do Hospital, o reencontro com a irmã, Lúcia Lima, foi marcado pela emoção.

De joelhos, Lúcia agradeceu a Deus e cumpriu a promessa feita a Nossa Senhora de Nazaré, entregando um terço de madeira ao irmão. “Eu prometi que entregaria este terço aqui na frente do Regional, no dia da sua alta”, contou. Arlindo se despediu da unidade e dos profissionais segurando a imagem de Nossa Senhora de Nazaré e agradecendo por todo o tratamento recebido.

“Recebemos o Arlindo com insuficiência respiratória grave, com necessidade de ventilação mecânica. Ele conseguiu responder satisfatoriamente ao tratamento. Ele é mais um exemplo do trabalho dedicado de toda a nossa equipe multiprofissional”, afirmou Gabriela Resende, médica que atua no HRPT.O Hospital já registra mais de 340 pessoas recuperadas desde abril do ano passado

Outro jovem recuperado - No final da última semana, Nilo Aranha, 31 anos, também deixou a unidade recuperado, após ficar intubado por dez dias. Desde o início de abril, 16 pacientes já receberam alta no HRPT e voltaram para casa recuperados da Covid-19. São mais de 340 pessoas que superaram a doença desde abril do ano passado, quando o HRPT se tornou referência no atendimento de casos graves da doença.

O Hospital Regional Público da Transamazônica é uma unidade da rede pública estadual de saúde do Governo do Pará. Com atendimento 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o Hospital é referência para nove municípios da Região de integração Xingu.

O HRPT é reconhecido nacionalmente entre os melhores hospitais públicos do Brasil. A unidade possui certificação ONA 3, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), um reconhecimento que atesta a qualidade dos serviços prestados à população.

Por Karine Sued Oliveira (HRPT)