Videochamadas diminuem a distância entre usuários com Covid-19 do Hospital Jean Bitar e seus familiares

10/04/2021 16h13

Para diminuir a distância e minimizar a saudade entre familiares e usuários com Covid-19 internados no Hospital Jean Bitar (HJB), a diretoria Técnica, gerência e coordenação de Enfermagem da Unidade estão promovendo “visitas virtuais", na instituição.

A nova modalidade de visita da HJB tem sido uma alternativa segura de contato, que evita contágio e disseminação do coronavírus. 

A ideia surgiu durante a elaboração das medidas de segurança do Plano de Contingência do Coronavírus da Unidade, que após designada pelo governo do Estado para atender usuários com Covid-19, teve que adequar o seu atendimento ao novo perfil assistencial.

Dentre essas adequações, como medida sanitária, houve a restrição de acompanhantes e suspensão das visitas presenciais, visando a diminuição da circulação de familiares no ambiente hospitalar para minimizar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. O contato entre pacientes com Covid-19 e seus familiares por meio das videochamadas foi uma forma de diminuir a de lacuna deixada pelas visitas presenciais.

Para o usuário do bairro da Pedreira, Cristiano Saraiva Gonzaga, 45 anos, um dos que participaram da última série de “visitas virtuais” do hospital, ter visto o irmão, mesmo à distância, renovou as suas forças, lhe trazendo ânimo e alegria.

“Foi muito emocionante ter visto e conversado com ele. Isso me encheu de alegria e ânimo. É muito importante que essas videochamadas continuem acontecendo, pois isso nos ajuda muito. Eu quero agradecer e parabenizar por essa iniciativa do Jean Bitar, onde todos estão me atendendo muito bem, desde quando cheguei aqui”, declarou o usuário.

Segundo a coordenadora das Clínicas Integradas do HJB, enfermeira Vilma Sampaio, a ação é uma forma de humanizar o atendimento e minimizar a distância e saudade, mas também reflete na melhora do estado clínico dos usuários.

“As visitas virtuais auxiliam como apoio psicológico, ajudando na recuperação da saúde dos nossos usuários. É emocionante ver como eles ficam felizes e emocionados quando visualizam e ouvem os seus familiares. Com toda certeza, ajuda na recuperação e aumenta o estímulo para contribuírem com o tratamento", destaca a coordenadora.

Conforme o paciente Raimundo Nonato da Cruz Pereira, 60 anos, “as videochamadas trazem a família para perto, e essa presença, mesmo que virtual, é muito importante para fortalecer a vontade de lutar contra a doença.

“Estão vendo como estou feliz? Eu agradeço a todos vocês por terem me proporcionado tanta alegria. Para quem chegou neste hospital do jeito que eu cheguei e hoje poder sorrir emocionado pela oportunidade de conversar com a minha filha, não tem nada que pague isso", reconhece o usuário.

Até o momento, cerca de 90 usuários já foram contemplados com as "visitas virtuais" que acontecem nos dias de terça-feira e quinta-feira, pela manhã e à tarde.

Por Joelza Silva (HJB)